Archive for the ‘Exaltações.’ Category

mEu aMor

22/12/2010

Seu coração foi assado em uma tarde de domingo e saboreado com molho vinagrete,suas emoções agora se concentram no pênis! Faça bom uso e não deixe de consolar alguém.

.mira cabron.

20/12/2010

 

MUITOO FODA!! ta tudo aqui  http://elestafador.com/

.minha enxaqueca.

16/12/2010

Sim, teremos xoxotas de ouro nesse verão!

E para o papai Noel, peço minha dignidade perdida no café da manhã.

.vida sem fim.

10/12/2010

O mundo é um ótimo lugar
(Lawrence Ferlighetti – Tradução Nelson Ascher)

O mundo é um ótimo lugar
pra se nascer
se não te importa que a felicidade
nem sempre tenha
muita graça
se não te importa um quê de inferno
de quando em quando
justo quando tudo vai bem
pois nem mesmo nos céus
se canta o
tempo todo

O mundo é um ótimo lugar
pra se nascer
se não te importa que alguns morram
o tempo todo
ou sofram só de fome
parte do tempo
o que não é tão mau assim
se não é com você

Ah o mundo é um ótimo lugar
pra se nascer
se não te importam
algumas mentes mortas
nos postos mais altos
ou uma bomba ou duas
de quando em quando
nas suas caras pasmas
ou tais outras inconveniências
que vitimam a nossa
sociedade Marca Registrada
com a distinção de seus homens
e seus homens de extinção
e seus padres
e outros patrulheiros

e suas várias segregações
e investigações parlamentares
e outras prisões
de ventre que nosso torpe
corpo herda

Sim o mundo é o melhor dos lugares
para tantas coisas como
encenar diversão
e encenar amor
e encenar tristeza
e cantar baixarias e se inspirar
e dar umas voltas
olhando de tudo
e cheirando flores
e cutucando estátuas
e até pensando
e beijando as pessoas e
fazendo filhos e usando calças
e acenando chapéus e
dançando
e nadando nos rios durante
piqueniques
no meio do verão
e no sentido amplo
“vivendo até o fundo”
Sim
mas bem no meio disso chega
então sorrindo o

agente funerário

.dreams.

03/12/2010

30/11/2010

Eu tenho que aprender

Num desses seriados de TV

.BuK chArles .

29/11/2010

“…sabia que tinha alguma coisa fora do lugar em mim. Eu era uma soma de todos os erros: bebia, era preguiçoso, não tinha um deus, idéias, ideais, nem me preocupava com política. Eu estava ancorado no nada, uma espécie de não-ser. E aceitava isso. Eu estava longe de ser uma pessoa interessante. Não queria ser uma pessoa interessante, dava muito trabalho. Eu queria mesmo um espaço sossegado e obscuro pra viver a minha solidão. Por outro lado, de porre, eu abria o berreiro, pirava, queria tudo e não conseguia nada. Um tipo de comportamento não se casava com o outro. Pouco me importava.”

você pode querer…

04/11/2010

não mais ficar sozinho…

.olhos,sorriso & exaltações na pele.

04/11/2010

.xiloCaina.

26/10/2010

Estou esperando o orvalho secar

E a nuvem branca pairar

Depois o tapa vai ser mais ardido

E a dor mais decorrente

Mas isso vai me fazer sentir

Que estou presente

*elhells*